Consulta Online
  • Português (Brasil)
  • English (United States)
Home » Mais Notícias » NOTÍCIAS GERAIS » Parceria com Corretor ajuda seguradora a identificar soluções e a crescer em segmento
A+ R A-

Parceria com Corretor ajuda seguradora a identificar soluções e a crescer em segmento

Imprimir

 

-files-images-img_58eba34597e2a


Consolidada no mercado de seguros como uma companhia com grande capacidade de inovar e criar soluções individuais para diferentes segmentos profissionais, a Berkley tem no seguro de Responsabilidade Civil Geral (RCG) um de seus carros-chefes. O produto tem como objetivo proteger o segurado por danos causados a terceiros e que decorram de suas atividades em estabelecimentos comerciais e/ou industriais ou ainda pelos serviços prestados em locais de terceiros, e prevê o pagamento dos prejuízos, até o limite de indenização da cobertura contratada, e pela quantia a qual o segurado vier a ser responsável civilmente ou em acordo autorizado pela seguradora, relativo à reparação pelos danos causados a terceiros.

Segundo Klaus Barretta, superintendente de Liability da Berkley, o crescimento da carteira de RC Geral da companhia está baseado em dois fatores. Por parte dos segurados, segundo o executivo, há um processo de conscientização perante à necessidade da contratação de seguros de responsabilidade civil à medida em que as demandas judiciais aumentam, acarretando maior frequência e severidade dos valores a serem indenizados.

“Até um passado recente, as coberturas de RC eram quase sempre uma composição de coberturas adicionais bem limitadas acopladas à apólice de seguros patrimoniais que passaram em muitos casos sendo percebidos como insuficientes pelo próprio segurado diante de um mundo em plena transformação. O processo de formação de cultura de seguros de responsabilidade civil também está sendo impulsionado pela maior inserção das empresas brasileiras em um cenário de negócios internacionais que por exigências contratuais de prestação de serviços ou de fornecimento de produtos enfrentam exigências de apólices de seguros que garantam responsabilidades à terceiros dentro de valores compatíveis com mercados mais litigiosos”, explica.

Para Barretta, há também um segundo fator importante, relacionado ao corretor de seguros, que, segundo o executivo, também vem procurando soluções dentro do espectro dos seguros de responsabilidade civil. “Já é bastante comum encontrarmos, no staff das corretoras, especialistas em riscos dessa categoria de seguros. Como o corretor hoje é o nosso principal canal de vendas, quando existe a figura do especialista durante o processo de negociação entre Seguradora e Corretor fica mais fácil estabelecer uma comunicação assertiva, identificando soluções conjuntas para o cliente em comum”, pondera.

O superintendente de Liability da Berkley define como “um marco” a carteira da companhia ter ultrapassado os R$ 11 milhões em prêmio emitidos em 2017. “Representa a maturidade do nosso portfólio”, diz Barretta, que comenta ainda a sinistralidade média abaixo de 20% nos últimos 5 anos: “Demonstra a disciplina da companhia em relação a sua política de subscrição. Esse resultado positivo acumulado nos últimos anos permitiu que a companhia estabelecesse níveis de reservas confortáveis para atuarmos em riscos maiores e mais complexos”.

Reconhecida internacionalmente como uma companhia extremamente especializada em riscos de Responsabilidade Civil, a Berkley quer agora direcionar a subscrição para riscos de maior complexidade. “Estamos cada vez mais sendo reconhecidos pelo mercado como uma companhia altamente especializada nesse nicho de negócios e buscamos no mercado os melhores colaboradores para consolidarmos a nossa marca.

Ao final de 2017, aprovamos no Brasil o clausulado de RC no formato conhecido como “All Risks”, que internacionalmente já é bastante praticado, mas que no Brasil ainda é uma novidade. Grande parte dos grandes riscos ou empresas multinacionais dentro de programas de seguros mundiais exigem esse formato de clausulado para evitar que diferenças entre as condições locais e as internacionais possam criar um sentimento por parte do segurado de que existem zonas cinzentas de cobertura”, diz.

Sobre os investimentos da companhia em automação dos riscos massificados, Barretta afirma que o plano da seguradora é expandir cada vez mais a customização de produtos comercializados através de portais web. “Tecnologia é um elemento crítico também na indústria de Seguros. Por muitos anos discutimos no mercado de seguros brasileiro soluções para uma demanda reprimida por parte dos novos consumidores que estão ingressando no mercado e entendemos que somente será possível ofertar soluções para esse público mediante a inovações na maneira em que nos comunicamos com os segurados.

O ingresso definitivo em um ambiente tecnológico não limitando-se apenas a digitalização da apólice de seguros mas na transformação de todo processo de emissão foi um passo muito importante da Berkley que nos permitiu apresentar uma apólice de seguros praticamente em tempo real e não mais em dias. Prestar esse tipo de serviço não é um elemento apenas de vantagem competitiva mas em muitos casos um fator crítico para a celebração de um contrato por parte dos nossos segurados. Essa facilidade pode ser encontrada em operações customizadas através do próprio portal no website da Berkley ou através de operações desenvolvidas em conjunto com corretores”, finaliza.

FONTE: CQCS l Ivan Netto

Calendário de Notícias

< Março 2018 >
Se Te Qu Qu Se Do
      1 2 3 4
5 6 7 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31  

Login

Cadastre-se

*
*
*
*
*

* Campos obrigatórios